Marcado como: comunidade Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Joana Ferrão 2:10 pm em September 24, 2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , comunidade, , ,   

    Ninti One, Austrália 

    Blog-Banner_PT

    Introdução

    A Ninti One é uma Organização Sem Fins Lucrativos que cria oportunidades para os habitantes da Austrália remota, através da aplicação de pesquisa, inovação e desenvolvimento no seio da comunidade. A organização trabalha principalmente com as comunidades Aborígenes e dos habitantes das Ilhas do estreito de Torres (e outras organizações associadas). Nós falámos com Professor Slade Lee sobre o uso do software de mapas InstantAtlas na NintiOne.

    Quando começaram a utilizar InstantAtlas?

    A NintiOne começou a utilizar o software de mapas InstantAtlas há dois anos atrás para apresentar informação e investigação que pudesse ajudar – partes interessadas, governo, legisladores e o público em geral – a compreender melhor os problemas que afetam as pessoas que vivem em regiões remotas da Austrália.

    O que procuravam na altura?

    O nosso trabalho está muito focado nas áreas cuja densidade populacional é muito baixa, mas cuja importância social e cultural seja significativa. Isto equivale a 83% da área territorial da Austrália. Estávamos a procura de um software de visualização de dados que pudéssemos utilizar para reunir dados e informação de uma maneira simples de compreender.

    Ninti-One-labourforce-statistics-atlas

    O software InstantAtlas é um veículo muito promissor e útil para este propósito e nós criámos vários recursos conhecidos por Remote Australia Online Atlas (RAOA). Isto pode ser acedido através do Resource Centre, que providencia outras ferramentas, tais como procura bibliográficas em bases de dados.

    O que é o Atlas da Austrália Remota?

    Atualmente, já quatro Atlas integrados inseridos na coleção e todos utilizam dados dos últimos 3 censos nacionais realizados pelo Australian Bureau of Statistics em 2001, 2006 e 2011. A geografia de base está dividida em Statistical Local Areas (SLA). Os quatro Altlas deste grupo têm disponíveis dados demográficos, de comércio e indústria e estilo de vida – estes estão restritos aos mapas classificados como ‘remotos’ ou ‘muito remotos’.

    Ninti-One-median-income-atlas

    Qual é o próximo passo para o Atlas das Regiões Remotas Australianas?

    O próximo passo é construir Atlas novos e não relacionados utilizando os nossos dados, fruto da nossa investigação. O primeiro Atlas será o ‘Atlas da Arte’. Este Atlas é baseado num projeto de pesquisa que reuniu uma grande quantidade de dados sobre artistas Aborígenes e outros aspetos relacionados com arte, presente nas regiões remotas Australianas. Vamos também utilizar os nossos próprios shapefiles e conjuntos de dados.

    Adicionalmente, temos dezenas de projetos nos maiores distritos da Austrália Remota (incluindo trabalho em sociologia mineira, educação e industria pastoral, turismo, alimentos do bosque, mobilidade populacional e alterações climáticas). Nenhum destes atlas vai produzir bases de datos, mas os investigadores principais sabem que InstantAtlas está a sua disposição e que podem apresentar o seu trabalho em Atlas personalizados.

    O quão fácil é trabalhar com InstantAtlas?

    Partimos do princípio de que cumpriria com o prometido mas não tínhamos ideia do quanto. Tivemos de alocar uma pessoa só para reunir todos os dados que tínhamos numa folha de excel. Eu fui chamado posteriormente para ajudar a organizá-los.

    Com o suporte do distribuidor Australiano InstantAtlas Success with Software fomos capazes de criar os mapas que quisemos. Sem dúvida que teria sido mais fácil para técnicos mas qualquer pessoa com conhecimentos razoáveis de informática, tempo e prática, consegue trabalhar muito bem com o software.

    Como é que InstantAtlas está a ajudá-lo a cumprir os seus objetivos?

    A nossa administração está maravilhada com os Atlas e a reação que temos recebido dos acionistas tem sido muito positiva. O concelho de administração está empenhado em criar mais atlas online, o que mostra que estão contentes com este recurso, encarando-o como um meio efetivo para divulgar o nosso trabalho.

    O que é que os utilizadores acham do Atlas?

    A reação tem sido muito positiva e encorajadora. Foi-nos só pedido para fornecer instruções simples com os Atlas e foi o que fizemos, utilizando o botão User Guide, como ajuda adicional ao InstantAtlas Help que é providenciado no botão Technical Guide.

    Quais são os benefícios da utilização de InstantAtlas?

    • Ajudou-nos a apresentar informação geográfica num formato interativo e que pode ser usado repetidamente para elaborar mais Atlas;
    • A representação gráfica é muito interativa – e os utilizadores gostam dessa característica;
    • Temos uma ferramenta muito útil para mostrar o nosso trabalho e que é muito atrativa aos olhos dos nossos acionistas.
     
  • Joana Ferrão 2:59 pm em January 13, 2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: comunidade, , ,   

    Serviço à Comunidade do Concelho de Roanoke 

    Contexto

    O Serviço à comunidade do Concelho de Roanoke foi estabelecido em 1960 para assistir ao planeamento de serviços no Vale de Roanoke. A sua visão passa por estabelecer uma comunidade onde as organizações se comprometem a trabalhar em conjunto para aumentar a prosperidade social, garantir um melhor acesso aos recursos, reduzir o desemprego e garantir no potencial humano o impulso para o desenvolvimento económico e bem-estar individual. O Concelho tem três áreas de actividade. A primeira actua como um repositório central para identificar as necessidades da comunidade e desenvolver soluções para ir de encontro às mesmas. A segunda funciona como um ponto de encontro, ou de acesso, ligando individuais na comunidade a programas que melhor se adequam e vão de encontro às suas necessidades e, em terceiro, como uma rampa de lançamento para desenvolver novos programas para ir de encontro às necessidades da comunidade.

    Falámos com Dan Meranda, Vice Presidente de planeamento e consultoria no Concelho sobre visualização de dados e como está a ser utilizada para fornecer às organizações da comunidade informação em tempo real sobre a comunidade local. O Dan nos explicou que o Concelho colocou um enorme compromisso em determinar que indicadores poderiam ser utilizados para passar a informação do que vem acontecendo ao longo do tempo. O Concelho trabalhou com Ben Warner, Director delegado do Concelho da comunidade de Jacksonville para construir uma lista de indicadores apropriados. “ Levamos um ano para produzir o nosso primeiro relatório utilizando estes indicadores e na altura todos ficaram maravilhados pelas 150 páginas de gráficos”, conta Dan. Contudo, ele é franco sobre a utilidade que essas cópias tiveram. “Muitas delas terminaram em estantes”, diz. Contudo, o fundador do United Way do Concelho – um fundo comunitário criado em 1924- ficou muito satisfeito com o resultado final. “No final, estávamos a juntar todos os nossos dados numa folha de Excel e a utilizar pivot tables para extrair a informação que queríamos para cada indicador. Concluímos que necessitávamos de oferecer acesso de um modo que os utilizadores pudessem criar o seu próprio perfil da região utilizando um formato online”.

    O começo do projecto

    Ao ver como a comunidade do Concelho de Jacksonville estava utilizando InstantAtlas, Dan e a sua equipa começaram a olhar para maneiras em que fosse possível utilizar a apresentação de dados. “O nosso maior receio era que o sistema interactivo online fosse difícil de utilizar”, disse Dan. Ele também nos disse que os vídeos tutoriais foram uma grande ajuda para aprender o básico e Ben Jackson também deu assistência, mas foi o team de suporte da InstantAtlas que fez a diferença. “Eles foram fantásticos”, disse Dan. “InstantAtlas é muito robusto e não quebra. Penso não existir uma ferramenta tão barata e efectiva. “Os dados nas folhas de Excel foram reconfigurados para que pudessem ser ligados ao InstantAtlas e o Concelho começou a produzir o seu primeiro reporte online numa questão de dias.”

    Indo de encontro às necessidades 

    O Concelho está agora utilizando InstantAtlas para produzir dados semanalmente para que não sejam necessários mais relatórios em papel. Há uma gama muito ampla de utilizadores incluindo: United Way of Roanoke Valley, Roanoke Valley Planning Commission, City of Roanoke Planning Division e a Arts and Cultural Division.

    Desde que o website foi inaugurado em Setembro de 2011 verificou-se um aumento de 300% no número de visitas. Dan disse: “O que InstantAtlas está fazendo por nós é aumentar o número de razões pelas quais as pessoas visitam o nosso website. Está nos ajudando a nos posicionar como ‘a’ fonte de informação e dados sobre comunidade local. Também significa que podemos promover o trabalho que estamos fazendo com outras agências e prestadores  de serviços.”

    “Tivemos numerosos comentários de apoio e feedback positivo do quadro de directores da United Way. Também conseguimos segurar outros contratos. Um dos maiores empregadores da área é o Hospital e nós estamos agora sinalizando indicadores de saúde.”

    Desenvolvimentos futuros

    Dan diz que um dos desenvolvimentos futuros será providenciar dados onde os serviços locais estejam a ser prestados. Isto pode ser usado em conjunto com dados já existentes para conferir se os serviços se ajustam as necessidades da comunidade.

    O Concelho também espera desenvolvimentos da parte do seu contrato com a empresa Statewide e que providencia o serviço 211. Este é um serviço que dá informação e que tem uma base de dados muito extensa de todos os serviços locais. Esta é uma fonte riquíssima de dados e o Concelho poderia desenvolver uma interface com a plataforma que já existe.

    Benefícios Chave

    • A apresentação de dados está a ajudar o Concelho a ser visto como uma organização empreendedora e que trabalha de acordo com a sua visão.
    • O Concelho está a dar às pessoas acesso a dados em tempo real o que significa evitar ir ao Gabinete dos Censos.
    • A plataforma da comunidade do Concelho oferece uma ‘loja’ para qualquer pessoa procurando informação mais detalhada sobre a comunidade local
    • O Concelho desenvolveu uma plataforma que é muito mais do que uma base de dados; oferece informação detalhada sobre a comunidade local.
     
  • Joana Ferrão 2:36 pm em September 13, 2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: comunidade, , estatísticos, ,   

    Conselho de Coordenação Social e de Saúde do Condado de Pinellas, Flórida, EUA 


    Sobre o Condado de Pinellas

    O Condado de Pinellas situa-se na Costa Este da Flórida, numa Península com uma área de 1 574 km²,entre  o Golfo do México e a Baía de Tampa.

    O Conselho de Coordenação Social e de Saúde do Condado de Pinellas  trabalha com financiadores  e fornecedores em toda a comunidade para desenvolver um sistema de servicos sociais que possam fornecer uma assistência de qualidade excelente baseada no melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

    Este Conselho desenvolveu um sistema de informação na comunidade (http://pinellasindicators.org) que fornece acesso imediato a dados estatísticos e também a visualização de dados  dinâmica. O website é patrocinado pelo Condado de Pinellas  e o Juvenille Welfare Board: the children’s Service Councill of Pinellas County.

    Joe Baldwin é o Investigador/Gestor  Sénior do Conselho. Nós falámos com ele para descobrir como o website está contribuindo para ajudar a atingir as metas estabelecidas pelo grupo de trabalho e como tudo começou. O Joe nos explicou que o passo inicial foi buscar investidores no serviço de saúde e nos serviços sociais e fazê-los trabalhar em conjunto, em prol de um objectivo comum e específico.  Um dos princípios estabelecidos desde cedo foi que o sistema teria de ir ao encontro das necessidades de três grupos de pessoas:  residentes, responsáveis por tomadas de decisão e líderes chave na comunidade.

    Como tudo começou

    Os habitantes queriam mais informação sobre a qualidade de vida no Condado de Pinellas e queriam também descobrir se os esforços das agências estavam surtindo efeitos concretos.

    Os responsáveis governamentais queriam informações sobre os seus eleitores e dados sobre a quais pudessem tomar e basear decisões.

    Os líderes da comunidade queriam monitorizar indicadores que fossem importantes para as suas organizações.

    Joe já conhecia a aplicação Instant Atlas mas descobriu mais acerca da versão Server numa conferência em Washington sobre “Indicadores da Comunidade”.

    Ele concluiu que essa versão era a mais indicada para as necessidades da empresa. “Comparativamente a outras iniciativas que mostram e reunem  indicadores sobre a comunidade, somos um team pequeno”.

    Desenvolvendo o projeto

    “Nos deparámos com alguns desafios no que toca a instalação do sistema, mas o suporte que tivemos do team da GeoWise foi fantástico. Uma vez instalada  a aplicação e determinados os indicadores o nosso team entendeu o quanto foi ganho em eficiência.”

    Tal como nos explica Joe, “Os Serviços de Coordenação Social e de Saúde para o Condado de Pinellas  foi criado através de um acordo inter local entre financiadores  e apoia os esforços de inúmeras agências sociais e de saúde para que,  trabalhando em conjunto, possam promover mudanças positivas na comunidade. Isto significa que uma apresentação de dados como essa tem de ter a colaboração de todos. Nós temos um team responsável por garantir a qualidade da informação  e que trabalha para evitar que dados e esforços sejam duplicados”.

    Este website  esta ajudando o estado e todos os grupos de investidores a acompanhar e avaliar as iniciativas, estabelecendo prioridades como a obesidade. A maioria dos indicadores utilizados são também úteis na comparação inter-estados norte-americanos.

    Em contrapartida, o website  está ajudando a organização a ir de encontro aos objectivos chave do Estado. Eles são: que todos os indíviduos sejam saudáveis, mental e fisicamente; que todos os indíviduos tenham acesso à educação; tenham recursos económicos para sustentar os custos de habitação e que  vivam numa sociedade segura e próspera.

    Desenvolvimentos Futuros

    Joe diz ainda que o team está trabalhando para identificar mais indicadores, um processo que é interativo. “Queremos criar mais indicadores e identificar aqueles que nos vão providenciar informação adicional. Nesse aspeto estamos no meio de uma jornada. Queremos que o website e os indicadores atuem como uma sinalização para a comunidade. Se a comunidade decidir querer gastar aproximadamente $4 milhoes na prevenção da obesidade então nos cabe a nós determinar quão efetiva a intervenção tem sido”.

    “Provavelmente cada ano estaremos focados numa nova área. Não creio que tenhamos atingido ainda os benefícios desse novo website”.

    Benefícios-chave

    • O website actua agora como um repositório central de dados que têm sido utilizados para medir o impato de determinadas intervenções.
    • O team criou uma ferramenta fácil de utilizar para ir de encontro às necessidades de cada um dos grupos de interessados.
    • É permitido aos  utilizadores manipular os dados e produzir relatórios que vão de encontro às suas necessidades.
    • Apesar de pequeno, o team do Serviços de Coordenação Social e de Saúde do Condado de Pinellas é capaz de maximizar a sua eficiência através do uso de um website central e tirando partido das economias de escala.
    Transcrição integral do vídeo “InstantAtlas City Stories”

    Bem-vindos à rubrica “InstanAtlas City Stories”.

    Hoje vamos seguir a cidade de Nottingham, no Reino Unido.

    Vamos ver como a aplicação InstantAtlas (IA) permite expôr padrões e tendências estatísticas a partir de indicadores existentes para uma cidade.

    Se quiserem ver outros exemplos, podem também seguir as cidades de Bremen, na Alemanha, e Londres, no Reino Unido.

    Se pretenderem analisar com mais calma o relatório dinâmico de que vos vou falar dentro de momentos, sigam o endereço http://www.instantatlas.com e pairem com o ponteiro sobre o menú “Reports”. Aí escolham “Dynamic Reports” e depois “Area Profile”. Na nova página encontrarão, no topo, exemplos respeitantes aos E.U.A. e, mais abaixo, respeitantes ao Reino Unido. O exemplo de que vos vou falar encontra-se aqui à esquerda, para a configuração “spine chart” (modelo “tabela c/ barras”). Muitos dos relatórios dinâmicos apresentados encontram-se em tons de azul apenas porque esse é o valor por defeito. Mas existem várias alternativas com a aplicação IA e vou agora escolher o esquema “light”. Vou ainda maximizar as dimensões do relatório dinâmico.

    Aqui o temos, já filtrado por forma a termos a cidade de Nottingham como área de estudo. Os polígonos visíveis representam um tipo de divisão administrativa conhecida no Reino Unido como “ward”. “Wards” são elementos geográficos que facilitam a compreensão e análise dos indicadores estatísticos disponíveis no Reino Unido. Obviamente, outros elementos podem ser utilizados: tudo depende do local e dos indicadores estatísticos que se pretenda estudar. Ainda assim, este é um bom exemplo pois aborda aspectos que podem ser analisados independentemente do nível geográfico.Refiro-me aqui a estatísticas respeitantes a factores sócio-económicos, sobre os quais orgãos de decisão têm que agir.Aqui tento demonstrar comoinformação relevante pode ser comunicada de forma eficiente a qualquer tipo de audiência.

    Uma das razões pelas quais InstantAtlas é uma ferramenta poderosa é o facto de admitir indicadores estatísticos provenientes de todo o tipo de fontes – diversas organizações, departamentos, estudos, sondagens, etc. – permitindo em simultâneo a padronização de toda esta informação e a sua subsequente disponibilização através de reltórios dinâmicos. Estes reltórios interactivos podem depois ser incorporados em páginas web (quer Internet, quer rede interna).As pessoas podem então ver, analisar e concluir. É deveras vantajoso fazer convergir diferentes organizações com diferentes dados estatísticos recolhidos para as mesmas áreas geográficas e disponibilizar toda essa informação sob a forma de um mapa dinâmico, interactivo, que pode ser acedido por qualquer pessoa que resida nessas áreas.Isto permitir-lhes-á compreender melhor o que se passa na sua região e, portanto, tentar influenciar a tomada de decisão no sentido de melhorar a situação existente.

    Neste exemplo temos dados simples recolhidos durante o censo demográfico de 2001. No ecrã temos para a área de Sherwood (uma das zonas da cidade de Nottingham), em 2001, o valor da percentagem de indivíduos de nacionalidade britânica e de raça caucasiana: 82.28%. A diferença percentual relativamente ao total para a cidade é de -13.37%. Vou agora escolher outro indicador estatístico, completamente diferente: percentagem da população à procura de apoio financeiro do Estado por auferir um salário baixo (“Income Support Claimants”).Se carregar na entrada respectiva na tabela, vejo que o valor para a área de Sherwood, em 2008, foi de 7.21%. Se pairar com o ponteiro sobre Sherwood, tanto no mapa como no gráfico de barras (à esquerda), posso também ver o valor deste indicador. Enquanto que a tabela à direita contém entradas para todos os indicadores e os valores e barras mudam consoante o elemento geográfico escolhido, o mapa, gráfico de barras e gráfico circular mudam consoante o indicador escolhido.

    Querendo agora comparar Sherwood a outra zona da cidade de Nottingham, posso pressionar “CTRL” no meu teclado e escolher a área de Bilborough no mapa.

    A tabela com barras carrega automaticamente a informação para esta nova área utilizando uma cor azulada.Para além do mapa, as duas zonas encontram-se também destacadas no gráfico de barras e posso assim compará-las mais facilmente.Isto permite-me observar de imediato uma diferença significativa entreas duas áreas – tão próximas uma da outra geograficamente – em termos da percentagem da população procurando este subsídio.

    Na realidade, pretendo aqui demonstrar que a aplicação InstantAtlas consegue gerir qualquer tipo de indicador estatístico que se pretenda. No exemplo visto lidámos com indicadores demográficos e sócio-económicos mas poderíamos igualmente ter lidado, por exemplo, com indicadores relativos à área da saúde pública ou à área ambiental. De notar, mais uma vez, que os níveis geográficos admissíveis são inúmeros (não apenas “wards” no Reino Unido). Os elementos geográficos nem sequer têm que ser necessariamente polígonos: podem, por exemplo, ser pontos. Vou aqui mudar o meu nível geográfico para pontos correspondentes aos centróides dos polígonos anterirormente vistos. A diferença sendo que pontos necessitam de coordenadas X e Y e podem representar entidades mais específicas como hospitais, escolas, tribunais, estabelecimentos prisionais, etc. Podemos ver aqui as mesmas divisões administrativas para a cidade de Nottingham – nada mudou – só que agora representadas por pontos. A dimensão destes reflecte o valor do indicador estatístico em estudo – ainda a percentagem da população à procura de apoio financeiro do Estado por auferir um salário baixo (“Income Support Claimants”). Se entretanto seleccionar o ponto representativo da área de Aspley, podemos ver a informação a ser recarregada na tabela.

    Espero que esta apresentação tenha sido do vosso agrado e que vos tenha dado uma ideia de como implementar IA de maneira a monitorizar os indicadores estatísticos disponíveis para a vossa cidade. Mais uma vez, no nosso sítio podem encontrar outros exemplos: cliquem aqui em “Solutions”; depois, “Community Info” e, em seguida, na secção “Customer Spotlight”, ao fundo – “InstantAtlas City Stories”.

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar