Diabetes UK

Diabetes UK

Contexto

A Diabetes UK é uma instituição de caridade que cuida, interliga e faz campanha por todos aqueles afectados com diabetes ou em risco de a desenvolver. Há actualmente 3.8 milhões de pessoas a viver com a doença no Reino Unido, incluindo uma estimativa de 850.000 pessoas que vivem com Diabetes Tipo 2 desconhecendo que a têm. A instituição de caridade está empenhada em garantir que os doentes com diabetes não só recebam cuidados de elevada qualidade independentemente de onde vivem mas que também saibam que cuidados esperar.

A Diabetes UK insiste que fazer todos os testes, ver os profissionais de saúde certos e compreender a doença é vital para a boa manutenção da mesma. Para ajudar as pessoas com diabetes a ver qual o desempenho dos serviços que recebem, a instituição compilou uma lista de 15 cuidados de saúde essenciais para diabéticos, que devem ser prestados em cada área. Esta campanha é parte de uma iniciativa chamada Diabetes Watch e pretende realçar os serviços com mais qualidade, dando exemplos dos mesmos, e identificar aqueles que necessitam de melhoramento.

O Administrador de Politicas de Saúde, Gavin Terry, diz que Diabetes Watch foi criada para avaliar e monitorizar a entrega efectiva de serviços e prestação de cuidados, em áreas distintas, aos doentes diabéticos, e uma consequencia directa do compromisso da Diabetes Watch em garantir que as pessoas diabéticas recebam cuidados de saúde excelentes.

A Diabetes UK levou a iniciativa mais além, adicionando uma ferramenta interactiva de mapeamento, que usa dados a nível nacional para identificar lacunas na prestação de serviços, um pouco por todo o país. Tendo utilizado InstantAtlas em outros projectos, a Diabetes UK sentiu que uma ferramenta de mapeamento online seria a melhor maneira de apresentar dados nacionais a  nível local.

O Começo

Desenvolver a ferramenta foi relativamente fácil, de acordo com Gavin. Os dados foram recolhidos na Auditoria Nacional para a diabetes e DiabetesE em Inglaterra e País de Gales, e no Inquérito Escocês da Diabetes. “Estas são as maiores e mais completas auditorias referentes à Diabetes,” disse. Os dados são baseados na informação do ano anterior dos primary care trusts de Inglaterra, concelhos de Administração de saúde locais do País de Gales e dos Concelhos de Administração do NHS na Escócia (National Healh Service – equivalente ao SUS no Brasil). Actualmente não existem dados disponíveis para a Irlanda do Norte, mas a equipa está trabalhando para garantir que estes serão devidamente registados no futuro.

“Iniciámos o processo falando com a equipe de suporte técnico InstantAtlas, explicando que informação queríamos mostrar e como. Eles replicaram com algumas simulações do que pretendíamos e a partir daí foi só um processo de melhoramento,” disse. “Nós não estávamos alterando os dados, somente garantindo que estes podiam ser consultados através de um só lugar e da maneira certa,” diz Gavin.

De encontro às necessidades

Para os dados de Inglaterra, a cada um dos 15 cuidados de saúde essenciais foi atribuída uma cor, que mostra se o seu valor corresponde a um desempenho acima dos 75%, entre os 75% e os 25% ou abaixo dos 25%, quando comparados com o valor médio em Inglaterra.

Gavin continua: “Apesar de a ferramenta não estar destinada a comissários, estes podem ver a informação que é visualizada pelo público na sua área de actuação. Esta transparência vai ajudar comissários e profissionais de saúde a assegurar que os serviços vão de encontro às necessidades locais e, até agora, a reacção tem sido muito positiva.”

A partir do momento em que a ferramenta foi lançada no final de Dezembro, esta foi acedida mais de 600 vezes, e as reacções individuais dizem que é muito clara e fácil de utilizar. A Diabetes UK está agora a embarcar numa série de actividades para aumentar as funcionalidades da ferramenta, o que inclui a marcação à volta dos 15 cuidados de saúde essenciais.

Desenvolvimentos Futuros

A ferramenta online vai ser actualizada para levar em consideração as mudanças na organização dos serviços de saúde, e para que reflicta os dados mais actuais. Por exemplo, em 2013, o novo sistema do NHS em Inglaterra entrará em vigor, e os Primary care trusts serão subsituídos pelos Clinical Commissioning Groups (CCGs).

“No futuro, esperamos utilizar dados que mostrem  análises de desempenho ao nível das GP Practise (o equivalente aos centros de saúde Brasileiros) à medida que forem estando disponíveis, para que seja possível ver a qualidade do serviço prestado pelo seu centro de saúde,” diz Gavin.

“Queríamos também ajudar as pessoas a personalizar os seus próprios relatórios e incluir os resultados da auditoria nacional da diabetes infantil.  O nosso próximo passo será olhar para o nível de cuidados prestados pelos hospitais.”

Beneficios Chave

  • A ferramenta interactiva online está a apoiar o conceito dos 15 cuidados de saúde essenciais e a tornar-se crucial para o sucesso da campanha
  • A ferramenta está a facilitar o feedback aos cuidados de saúde, de uma prespectiva qualitativa – a experiencia do paciente pode ser incluida mais tarde
  • O Diabetes UK vai conseguir interligar este feedback e a experiência com o nível de serviço que é actualmente prestado
  • As pessoas têm respondido bem à ferramenta e esta está a contribuir para o reconhecimento das  actividades do Diabetes UK
Anúncios